quarta-feira, outubro 13, 2010



Eu admito, saber que você está tão bem sem mim, que você pode sorrir sem mim, que pode contar com alguém que não seja eu, me causa náuseas’
Mas tenho que aguentar, fui eu quem quis assim, fui eu que criei essa situação.

Sua imagem sorrindo pra ela, abraçando ela, gira pela minha cabeça, me afeta, essas imagens me torturam, e se uma lágrima rolar pode acreditar, ela é por ter feito o certo mesmo doendo tanto.
E tomara que o seu olhar não se perca por aí, sem que antes você me veja em suas lembranças, sem que deseje estar perto de mim.

Se o tempo voltasse atrás eu não entraria na sua vida, não passaria por ela em branco.
E esse medo de ser substituível me consome a cada risada sua relatando toda aquela felicidade não por mim causada.

E a certeza de que eu fiz o certo, me destrói dia a dia, estou fora disso, mas então minha certeza se mistura com a esperança de um futuro melhor, com alguém a quem eu não signifique um erro futuramente.
Com alguém que meus valores se encaixassem, com alguém que eu não precisasse nascer de novo, alguém que seja o certo, o verdadeiro, o aceitável.
Com alguém que não seja você.

Vou usar a razão, porque meu coração se rendeu a você e eu já não posso lutar contra ele.
Eu sempre soube o que fazer, como fazer, por qual razão fazer, e com você tudo era novo, tudo era expectativa.
Preciso voltar a minha forma original, a minha forma compacta, e ficar longe de você mesmo quando tudo o que eu queira é me aproximar de você e não mais te soltar.
Não mais te soltar, não mais me afastar.

É e as estrelas sumiram, já não brilham mais, a estrela alfa já não faz sentido.
Até a natureza clama a falta que tu fazes em mim, e meu mundo preto e branco contigo, agora se colore na busca de preencher a tua ausência, de apagar as marcas de seus gestos, risos e sorrisos, quando tudo não passava de possibilidades.

E a lua se gaba de ser mais real que minha estrela alfa, mas eu não posso lutar contra ela e seus insultos, então não vejo mais nada sem minha estrela alfa, que está por aí em algum canto iluminando outro olhar com seu sorriso, e guiando um outro alguém por aquelas ruas onde antes meus passos seguiam os seus.


2 comentários:

Taati disse...

- Lindo *-*
é tão sincero e verdadeiro *-*
Peerfeito, teamo <33

/patty_alinne disse...

Nossa lindo,sincero,perfeito caraa sem palavras e isso é uma coisa que é realmente verdadeiro!

sabe né amo suas poesias ihihih ;$
beijo floooor <3