domingo, outubro 31, 2010

E o dia amanhece e parece perfeito até eu abrir meus olhos e ver novamente aqueles cômodos que guardam toda a fonte de uma insatisfação recolhida de uma dor inimiga. 
E aqueles raios de sol penetram os desenhos vazados das cortinas velhas da sala empoeirada. 
Eu caminho entre os móveis estáticos, eles até parecem gigantes obstáculos que me impedem de chegar até a porta e sentir o frescor daquele ar do dia que acabou de raiar. 
E o brilho dos raios do sol ofuscam minha visão já meio turva por toda essa indecisão, tudo parece ser sufocante, tudo parece um caminho a seguir, e onde me jogar se nessa casa tudo está fora do lugar? 
Pra onde correr se o mundo me retém a esse cubículo empoeirado? 
Me dá a mão e vamos pra além do que nossos olhos vêem, bem além do que essa atmosfera hipócrita nos sugere' 
Vamos corra, comigo, porque contigo eu vou pra qualquer lugar onde se possa ser quem somos. 

5 comentários:

Gabriely disse...

Me emocionei de verdade,algumas lágrimas escorreram meu rosto, perfeito não tenho muito que falar, não ser falar que eh perfeito...

Janaaa Hammers disse...

Eu sempre me emociono ao ler o que você escreve. São sempre palavras bem colocadas e frases simplesmente que tocam minha alma.
Parabéns! e porfavor, nunca deixe de escrever estas coisas maravilhosas!

Paaloma disse...

muito lindo *-* cada vez voce me surpreende e me emociona mais ((:

Nathacha disse...

Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
http://medicinepractises.blogspot.com/

Sevegnani, Thaís disse...

Olha , vc tem que deixar de ser emo, brinquei, ta lindo, tu continua escrevendo pra caramba *O*